Curso de Blues no Teclado Aprenda a tocar Blues no Teclado, sem sair de casa, no horário que desejar.

Ebook Grátis Teclado Para você dar os seus primeiros passos nas teclas.

QUAL O MEU PERFIL COMO ESTUDANTE DE MÚSICA?

Vamos entender um pouco sobre como definir o seu perfil de estudante e a relação que esse perfil tem com o seu objetivo. Com um equilíbrio entre o seu perfil e o seu objetivo, você evitará frustrações.

Ao começar a estudar música ou ao continuar os seus estudos, a primeira coisa a fazer é traçar o seu perfil de aluno. Traçar o seu perfil de aluno é uma forma de autoconhecimento, pois ninguém conhecerá melhor você, do que você mesmo. Ao traçar o seu perfil de aluno você evitará ansiedade, frustrações e conseguirá entender melhor como alcançar o seu objetivo.

Hoje nós temos acesso a informação de forma muito fácil e rápida. Portanto basta um estalar de dedos para aprender algo. O problema é que nem tudo é para o nosso bico.

Eu tive uma namorada uma vez, que era uma pessoa maravilhosa, mas ela não tinha nada a ver comigo. Quando nos separamos me veio essa frase na cabeça: -Ela não é para o seu bico.

O que eu quero dizer com isso é se você não se conhecer, você vai se frustrar. Pois você vai estudar coisas que não deseja, não vai saber o que você deve ignorar, em outras palavras vai acabar desistindo no meio do caminho.

Traçando seu perfil

Nível de comprometimento

O primeiro elemento que devemos levar em consideração é o seu nível de comprometimento com o aprendizado. Para isso pense em outros estudos que já fez e responda a seguinte questão;

Sou um aluno:

  1. Disciplinado
  2. Moderado
  3. Indisciplinado

Aluno Disciplinado

Todo aluno disciplinado tem as seguintes características: não falta as aulas, presta atenção a aula, tira todas as suas dúvidas, faz todas as atividades propostas, tem uma rotina de estudos.

Aluno Moderado

O aluno moderado é aquele frequenta as aulas com certa regularidade, tem uma certa rotina de estudos, mas não faz todas as atividades propostas, portanto valoriza muito as questões práticas em detrimento as questões teóricas.

Aluno Indisciplinado

O Aluno indisciplinado é aquela que frequenta as aulas com irregularidade, não tem uma rotina de estudos, não faz as atividades propostas e basicamente estuda na aula.

Estilo de Aprendizado

A segunda questão ao traçar seu perfil de estudante é definir qual o seu estilo de aprendizado.

Como você aprende?

  1. Auditivo
  2. Cinestésico
  3. Visual

Aluno Auditivo

Você tem facilidade de se lembrar o que foi dito em uma aula, mesmo que tenha ocorrido há semanas? `Você tem o hábito de sussurrar a apostila enquanto está lendo?

É provável que você retenha mais informações quando você as escuta. As aulas mais produtivas são aquelas que as informações chegam pelos ouvidos.

Aluno Cinestésico

Você costuma ficar impaciente e inquieto, durante as aulas?

Talvez você seja um aluno cinestésico, ou seja, você precisa se movimentar para aprender. Portanto você prefere abordagens mais práticas para poder aprender coisas novas.

Sessões muito longas podem ser muito complicadas para você reter informações, portanto pausas durante os estudos podem lhe ajudar bastante.

Aluno Visual

Você gosta de ler? Presta mais atenção no que está escrito do que no professor falando?

Então a sua forma de aprender é visual. Você aprende mais quando anota a mão, ou quando as informações são apresentadas visualmente.

Nível de Conhecimento

A terceira e última questão que vai lhe ajudar a traçar o seu perfil de estudante de música é saber qual o seu nível de conhecimento.

Você é um aluno

  1. Iniciante
  2. Intermediário
  3. Avançado

Aluno Iniciante

O Aluno Iniciante é aquele que está começando a desenvolver a parte mecânica, o seu conhecimento teórico ainda está separado do seu conhecimento prático, não consegue identificar sons pelo ouvido.

Aluno Intermediário

Já possui um conhecimento básico de acordes e escalas, já entende a aplicação da teoria musical no instrumento, consegue identificar sons pelo ouvido, consegue ter um domínio mecânico para tocar.

Aluno Avançado

Tem um bom domínio mecânico, consegue ler partitura, consegue criar arranjos e aplicar a teoria musical, possui um bom repertório de acordes e escalas, consegue identificar rapidamente sons pelo ouvido.

Combine o seu perfil com os seus objetivos

Agora que você se conhece um pouco mais o seu próximo passo é combinar o seu perfil com os seus objetivos.

Faça as seguintes perguntas: O que, Quando, Como, Porque, Onde.

O que você deseja aprender?

No mundo moderno temos muita informação disponível, a questão é saber o que devemos ignorar e o que devemos aprender. É nesse momento que você começa a traçar o seu objetivo.

Qual o nível de conhecimento que eu quero? Iniciante, intermediário, avançado?

Por exemplo, se eu quero apenas tocar numa roda com os amigos, o nível iniciante me basta? Se eu quero me aprofundar no conhecimento do instrumento preciso do nível avançado?

Essas perguntas devem ser respondidas pelo aluno, nunca pelo professor.

Quando você deseja aprender?

A pergunta correta aqui é quanto tempo você quer dispensar ao seu estudo. Seja no tempo do curso, como no tempo diário de estudo.

Pense que o aprendizado pode ser longo, de 5 a 7 anos, médio, de 3 a 5 anos, curto, de 1 a 2 anos. A questão é o que você quer alcançar.

Uma vez vi uma reportagem sobre o aprendizado da Cítara na música clássica indiana. Um aluno deveria dispor de 15 anos de sua vida, para realmente conhecer o instrumento profundamente.

Como você deseja aprender?

Você vai estudar com um professor? Vai estudar com um curso online? Vai estudar sozinho?

Essa resposta tem uma relação forte com o seu perfil. Um aluno disciplinado terá facilidade de estudar online, mas um aluno indisciplinado precisará de um professor que esteja lhe cobrando as atividades.

Porque você deseja aprender?

Essa é uma pergunta quase filosófica. O que lhe motivou a estudar música?

E você pode ter milhões de respostas mas a reposta correta é que ela deve ser uma motivação pessoal. O que quero dizer com isso?

Já tive muitos alunos que começaram a tocar porque tinham um parente próximo que tocava e veio a falecer. A pessoa começa a estudar música não por um motivo pessoal mas para homenagear o ente querido. Não significa que esse aluno não irá aprender, mas será que essa motivação inicial não se dissipará com o tempo?

Onde aprender?

Agora que você se conhece melhor como aluno e já consegue entender quais os seus objetivos, é importante conseguir um professor ou curso, ou material que atenda a esses critérios pessoais. Muitas vezes um ótimo professor não consegue atender as necessidades de um aluno, pois cada indivíduo é um ser único e especial.

Traçar o seu perfil de aluno de música é se conhecer melhor. Pois você evitará cobranças desnecessárias, ansiedade, frustrações.

Ao entender como você estuda e como você aprende, poderá ter objetivos mais concretos e automaticamente mais saudáveis.

Sobre nós:

A Primeiros Acordes tem como objetivo ensinar você a aprender a tocar no conforto de sua casa, com aulas, cursos, vídeo-aulas, métodos voltados para o aprendizado online.

Contato

Primeiros Acordes

Email: marcos.dupra@globo.com

Horário: 9:00 ás 18:00 hs

Não temos loja física