Lanny Gordin um mestre da harmonia

Nesta matéria sobre guitarra quero falar de um guitarrista que mudou a guitarra no Brasil e hoje é muito pouco conhecido das novas gerações. Seu nome é Lanny Gordin.

Atuou como instrumentista na Stardust durante quinze anos. Sua primeira atuação em palco foi ao lado da cantora Wanderléa.

No final dos anos 1960, fez parte, juntamente com o pianista Cido Bianchi, o violonista Olmir Stocker, o contrabaixista Nilson da Matta e o multi-instrumentista Hermeto Pascoal, do grupo Brazilian Octopus, com o qual lançou LP homônimo, em 1969.



Considerado um dos maiores guitarristas do país, durante os anos 1970 esteve ligado ao tropicalismo, sendo escolhido pelo maestro Rogério Duprat para gravar a maioria de seus arranjos.

Ao longo de sua carreira, participou de discos de vários artistas, como Gal Costa, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Ana Maria & Maurício, Erasmo Carlos, Tim Maia, Trio Mocotó, Eduardo Araújo, Jards Macalé, Rita Lee, Chico César e Vange Milliet, entre outros.

Entre suas atuações de maior destaque estão as participações em discos históricos como "Caetano Veloso" (Philips, 1969), "Fa-tal" (Gal Costa, Phonogram/1971), "Expresso 2222" (Gilberto Gil, Phonogram/1972) e "Jards Macalé" (Phonogram/1972).

Em 1982, gravou ao lado de Arnaldo Antunes na Banda Performática, liderada então pelo artista plástico José Roberto Aguilar. O repertório do disco, “Aguilar e Banda Performática”, incluiu duas músicas de sua autoria: “Carioca canibal” (c/ Paulo Miklos, Go, Dekinha e Aguilar) e “Tribo” (c/ Dekinha, Aguilar e Tuba).

Em 2001, lançou o CD “Lanny Gordin”, pelo selo Baratos Afins.

Lançou, em 2004, os CDs “Projeto Alfa, volume I” e “Projeto Alfa, volume II”, pelo selo Baratos Afins.

Tocando guitarra, baixo e violão, gravou, em 2006, o CD "Duos", contendo as seguintes faixas: "Lá vem o homem que matou o homem que matou o homem mau" (Jorge Benjor), com a participação de Max de Castro; "Dindi" (Tom Jobim e Aloysio de Oliveira), com a participação de Gal Costa; "Dê um rolê" (Moraes e Galvão), com a participação de Zeca Baleiro; "Evaporar" (Rodrigo Amarante), com a participação do autor; "Enquanto seu lobo não vem" (Caetano Veloso), com a participação do autor; "Mucuripe" (Belchior e Fagner), com a participação de Fernanda Takai; "Farol da Jamaica" (Péricles Cavalcanti), com a participação do autor; "Abre o olho" (Gilberto Gil), com a participação do autor; "Me dê motivo" (Sullivan e Massadas), com a participação de Adriana Calcanhotto; "Onde eu nasci passa um rio (Caetano Veloso), com a participação de Junior Barreto; "O sol" (Edgard Scandurra e Arnaldo Antunes), com a participação de Arnaldo Antunes; "Era você" (Vanessa da Matta), com a participação da autora; "Let's play that" (Jards Macalé e Torquato Neto), com a participação de Jards Macalé; "Lanny, qual?" (Chico César), com a participação do autor; "Corcovado" (Tom Jobim); e "El blues", de sua parceria com Edgard Scandurra, com a participação do parceiro. O disco foi produzido por Péricles Cavalcanti.

Em 2007, lançou o CD “Lanny duos”, produzido por Péricles Cavalcanti e Glauber Amaral, a partir de reencontros do guitarrista com artistas que fizeram parte de sua trajetória, como Caetano Veloso (“Enquanto seu lobo não vem”), Gilberto Gil (“Abra o olho”), Jards Macalé (“Let’s play that”, parceria com Torquato Neto) e Gal Costa (“Dindi”, de Tom Jobim e Aloysio de Oliveira), de encontros com artistas mais novos, como Max de Castro (“O homem que matou o homem que matou o homem mau”, de Jorge Ben), Zeca Baleiro (“Dê um rolê”, de Moraes Moreira e Galvão), Rodrigo Amarante (com a inédita “Evaporar”), Fernanda Takai (“Mucuripe”, de Fagner e Belchior), Péricles Cavalcanti (“Farol da Jamaica”), Edgard Scandurra (“El blues”, parceria inédita de ambos), Adriana Calcanhotto (“Me dê motivo”, de Michael Sullivan e Paulo Massadas), Junio Barreto (“Onde eu nasci passa um rio”, de Caetano Veloso), Arnaldo Antunes (“O sol”, de Arnaldo e Scandurra), Vanessa da Mata (“Era você”) e Chico César (a também inédita “Lanny, qual?”), além de sua interpretação solo de “Corcovado” (Tom Jobim).


• (2007) Lanny duos • Universal
• (2006) Duos • Barravento
• (2004) Projeto Alfa, volume I • Baratos Afins
• (2004) Projeto Alfa, volume II • Baratos Afins
• (2001) Lanny Gordin • Baratos Afins
• (1969) Brazilian Octopus • Fermata

APRENDA GUITARRA

viola caipira

Receba nossos Artigos

 

Sobre nós:

A Primeiros Acordes tem como objetivo ensinar você a aprender a tocar no conforto de sua casa, com aulas, cursos, vídeo-aulas, métodos voltados para o aprendizado online.

Contato

Primeiros Acordes

Email: marcos.dupra@globo.com

Horário: 9:00 ás 18:00 hs

Não temos loja física